CORAL PALAVRA CANTADA

A proposta musical da Palavra Cantada vai além de seus territórios e alcança crianças e adolescentes que também querem fazer música. Isso acontece por meio do Coral Palavra Cantada, fundado em São Paulo, em 2012.

A partir do trabalho desenvolvido por Sandra Peres, Paulo Tatit e o maestro Eduardo Boletti, elas aprimoram o contato com a música de maneira cuidadosa, aprendem técnicas vocais e de respiração. "É um despertar para a música que promove desenvolvimento em outros aspectos", afirma Luciana Ribeiro, coordenadora do coral. Atualmente, 80 crianças, entre sete e 15 anos, fazem parte da iniciativa.

Elas foram selecionadas por meio de audições que acontecem pelo menos uma vez por ano, divulgadas em escolas e nos canais oficiais do coral. Apresentam-se ao lado da Palavra Cantada e em shows independentes.

No Rio de Janeiro, o projeto foi iniciado dois anos depois, em 2014, graças a uma parceria com o Centro Municipal de Referência da Música Carioca, onde acontecem os ensaios. "Estamos na região central da cidade, perto de uma estação do Metrô, e isso atrai crianças de todos os lugares, de todas as camadas sociais.

Existe bastante diversidade, e essa mistura é muito rica", explica Érica Campos de Paula, regente do coro. Ao todo, são 60 participantes, com idades entre seis e 15 anos. No repertório, estão canções da Palavra Cantada, com novos arranjos, além de sucessos de Caetano Veloso, Chico Buarque e Beatles. É possível assistir a shows pelo menos uma vez por ano, em locais como o Theatro NET Rio e o Parque Madureira, onde as crianças e adolescentes já se apresentaram.

coral1-rj

Coral Paravra Cantada Rio de Janeiro

coral1-sp

Coral Palavra Cantada São Paulo