Sono de Gibi

Hélio Ziskind

Num clic,
A luz apaga
Parece que
A gente
Escuta mais
Um tic tac,
Um pingo no banheiro
A gente escuta até o nariz…

No teto
A sombra da veneziana
No braço da cadeira,
A manga do casaco
Parece um bicho… uma
Cobra… um sapo… sei lá,
Será que vai mexer?…

Melhor nem ver,
Melhor escutar o zumbido
Do sono de gibi
ZZZZZZZZZZZZZZZZZZ

Sono de gibi
ZZZZZZZZZZZZZZZZZZ