Trilhares

Paulo Tatit / Edith Derdyk

As estrelas que de noite eu via
Todas elas lá no céu estão
Mesmo sem vê-las durante o dia
Piscam no céu com o sol gordão

São trilhares de estrelas e eu nem sabia
Que estão lá no céu até mesmo de dia

Como pode o céu ter tanta estrela
Como pode, parece um mar de areia

A areia que na praia eu via
Tantos grãos que estão lá no chão
Punhadinho de areia que eu pego na mão
Tantos grãos que não cabem na numeração

São trilhares de grãos e eu nem sabia
Que esse número aumenta de noite e de dia

Como pode uma praia tem tanta areia
Como pode, parece um céu de estrelas

Tanta areia
Tanta estrela